Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Divulgação Científica > UFABC faz a diferença na Sabina Escola Parque do Conhecimento
Início do conteúdo da página

UFABC faz a diferença na Sabina Escola Parque do Conhecimento

Durante os meses de junho a novembro de 2016, a UFABC intensificou a parceria com a Sabina Escola Parque do Conhecimento, coordenando a atuação de 30 alunos da Universidade como mediadores do espaço.

Dentre os objetivos da parceria estava o de praticar, por meio da mediação, um dos princípios fundamentais da UFABC: a interdisciplinaridade. Decidiu-se levar em consideração o Projeto Pedagógico Institucional (PPI) da Universidade, ao não se delimitar campos de atuação dentro do espaço, permitindo aos alunos que mobilizassem seus saberes de forma fluida e cooperativa. O emprego das diretrizes do PPI nessa parceria mostrou-se, portanto, efetivo em dois sentidos: na facilidade dos monitores em caminhar por diversas áreas do conhecimento e na disposição de compartilhar, entre si, os saberes arranjados, além de divulgá-los a um público variado. Acompanhar a atuação dos alunos nesses últimos meses, com essa prévia disposição, fortaleceu a importância da interdisciplinaridade na divulgação científica e na popularização da ciência.

Em pesquisa realizada com os mediadores ao final de sua atuação, foi verificada a importância dessa experiência para os participantes, principalmente em sua visão geral sobre educação – sobretudo a educação não formal –, já que a grande maioria não dispunha de vivências nessa área.

Vale destacar que, embora nem todos se interessassem por licenciatura inicialmente, a pesquisa mostra que a experiência proporcionou uma visão mais prazerosa da docência, independente do desejo anterior de ser professor. Evidentemente, os que já tinham essa pretensão puderam fortalecer ainda mais suas convicções.

O contato e a empatia com públicos diferentes, a capacidade de abordar a ciência de forma mais simples e contextualizada e a possibilidade de fazer a diferença na vida das crianças, nas aulas sobre animais, foram os aspectos mais citados na pesquisa.

A seguir, alguns depoimentos da pesquisa:

“Perdi o medo de ensinar e transmitir ciência, melhorei minha confiança ao falar em público, aumentei o apreço pela educação e descontruí alguns preconceitos dos alunos do 2º ano.”

“Eu imaginava a maneira de ensinar de um jeito e agora tenho outra perspectiva no modo de como ensinar algo.”

“Sempre tive receio de estar tomando a decisão errada quanto a minha escolha de curso (licenciatura), mas estar na Sabina só me fez perceber que eu não podia estar mais certo. Aqui eu pude ver claramente como a educação é um importante instrumento de transformação.”

“Mesmo não tendo interesse em licenciatura, estar na Sabina me deu uma visão mais prazerosa de ensinar”.

A Seção de Divulgação Científica da Pró-reitoria de Extensão e Cultura da UFABC acredita que esse trabalho não foi finalizado, pelo contrário: marca o início de uma nova atuação em divulgação científica e popularização da ciência em espaços como este.

Registrado em: Divulgação Científica
Fim do conteúdo da página