Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Capes dá aval e UFABC terá mestrado em Economia
Início do conteúdo da página

Capes dá aval e UFABC terá mestrado em Economia

Publicado: Segunda, 31 de Outubro de 2016, 11h45

O mestrado em Economia da UFABC recebeu, no último dia 21, a autorização da Capes para iniciar as atividades. A entidade deu nota 3 (padrão nesses casos) para a proposta do novo curso de pós-graduação da Universidade.

“Este resultado, assim como o resultado das outras propostas de pós-graduação recomendadas pela Capes, será encaminhado ao Conselho Nacional da Educação (CNE) e posteriormente ao Ministério da Educação para homologação”, disse a professora Ana Fava, uma das autoras da proposta enviada à Capes e também futura coordenadora do mestrado.

A coordenação do curso planeja abrir até 20 vagas por meio do exame de seleção da Associação Nacional dos Centros de Pós-Graduação em Economia (ANPEC). “O exame da ANPEC facilita a seleção dos alunos e a divulgação do centro, dada a sua abrangência nacional”, explicou a professora. Neste ano, porém, devido ao curto espaço de tempo, é inviável fazer a seleção pelo formato pretendido. “Em breve, os professores vinculados ao programa vão se reunir para decidir o método de seleção e os prazos”, afirmou Ana Fava.

De acordo com Fava, o mestrado da Universidade tem como objetivo a formação de profissionais aptos a desenvolver pesquisas nos setores públicos e privados, oferecer ampla formação em teoria econômica, métodos quantitativos, história econômica e ideias econômicas. Também são funções do mestrado, ainda de acordo com a professora, preparar o aluno para exercer atividades de docência e preparar aqueles que não têm interesse em se tornar professores para serem reflexivos e capazes de dialogar com as diversas correntes da ciência econômica.

Embora não deixe de vislumbrar a abertura do curso de doutorado, Fava afirmou que “o compromisso atual é exclusivamente com o mestrado”. “Porém, vamos nos esforçar ao máximo para atingir as qualificações necessárias para, quando tivermos oportunidade, conseguirmos o doutorado”.

 

Assessoria de Comunicação e Imprensa

Registrado em: Notícias
Fim do conteúdo da página