Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Doutorado Acadêmico Industrial tem primeira defesa de tese
Início do conteúdo da página

Doutorado Acadêmico Industrial tem primeira defesa de tese

Publicado: Terça, 12 de Setembro de 2017, 14h28

Com o título “Estudo e caracterização de compósito de polipropileno e pó de pneu para utilização na indústria automotiva”, a primeira defesa de tese dessa modalidade de programa trata do desenvolvimento de material para encapsulamento de motores para redução de ruído. O produto, desenvolvido pela aluna Kelly Cristina de Lira Lixandrão do Doutorado Acadêmico Industrial (DAI) em Nanociências e Materiais Avançados, se iguala em desempenho aos sistemas usualmente empregados, com as vantagens de propiciar custo de produção 1/3 menor, redução de peso e uso de material reciclado (pó de pneu). A apresentação do trabalho à banca aconteceu em 25 de agosto no Campus Santo André. 

O professor Fabio Furlan, orientador da aluna na UFABC, conta que Kelly havia sido aprovada no programa regular para o doutorado, mas houve a opção pelo DAI, “o que trouxe um grande ganho para a carreira dela e ampliou oportunidades” — afirma. Segundo ele, um dos aspectos destacados pelos integrantes da banca julgadora foi se tratar de uma tese que apresenta um produto final e que poderá substituir com ganhos uma peça atualmente em uso. Furlan aponta o bom andamento da parceria com a Mercedes Benz como outro fator importante para o sucesso na conclusão do trabalho: “sempre fomos bem atendidos e as conversas foram bastante claras, tanto no âmbito científico quanto no jurídico — mesmo esbarrando em questões de sigilo, conseguimos realizar o estudo e caracterização dos materiais utilizados na concepção da peça” — destaca o orientador. 

De acordo com o coordenador do DAI, professor Erik Gustavo del Conte,  há 25 projetos do programa em andamento na UFABC, com 29 empresas e mais de 70 docentes credenciados. Ele ressalta que o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) na concessão de 20 cotas de bolsas tem sido fundamental para o êxito do DAI, desde o início do curso em 2013. Segundo Erik, concomitante ao marco da primeira defesa de tese do DAI, a Universidade assinou a renovação por mais cinco anos do acordo de cooperação com o CNPq para manutenção do Programa. 

“Também estamos readequando normas internas para aperfeiçoar a comunicação entre os envolvidos e o controle de projetos e divulgando um mapeamento com empresas, estudos, doutorandos e docentes participantes” — explica o coordenador. Ele revela que outro aprimoramento em análise é a viabilidade da realização de estágios em centros de pesquisa das empresas parceiras no exterior. 

Pré-doutorado 

O DAI é uma modalidade de ingresso nos cursos de doutorado acadêmico da UFABC, na qual o projeto apresentado resulta de um período passado pelo aluno em laboratórios e centros de pesquisa de empresas e indústrias privadas ou públicas. Após a elaboração e aprovação do estudo desenvolvido nessa fase inicial (Pré-Doutorado), o aluno é matriculado no curso regular vinculado ao DAI. O diploma dos ingressantes por esse sistema é idêntico ao dos demais alunos que passam pelos processos seletivos tradicionais dos programas de pós-graduação da Universidade. 

Assessoria de Comunicação e Imprensa

 

 

Registrado em: Notícias
Fim do conteúdo da página