Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Plataforma oferece cursos e apoia projetos de inovação social durante pandemia
Início do conteúdo da página

Plataforma oferece cursos e apoia projetos de inovação social durante pandemia

Publicado: Sexta, 08 de Mai de 2020, 18h54

Redes sociais já são bem conhecidas entre nós, mas uma plataforma que se apresenta como rede social de aprendizagem tem destaque dentre os projetos da UFABC para enfrentamento à pandemia de Covid-19.

A Plataforma Digital Plural é um espaço virtual em que é possível não somente realizar uma formação básica, mas também colaborar e criar conteúdos em projetos específicos sobre inovação social, história pública e comunitária, alfabetização em dados, acessibilidades, impressão 3D, criatividade 4.0, direitos humanos, gênero e diversidade na pandemia.

Sob a coordenação da professora Andrea Paula Kamensky, a origem da Plataforma remonta ao ano de 2016, quando foi realizado o projeto Direitos Humanos, Gênero e Diversidade na Escola, aprovado em edital público nacional, financiado pelo Ministério da Educação. Naquela ocasião, mais de 500 educadores das redes de ensino dos municípios de São Paulo e do Grande ABC se cadastraram para a realização de um curso de aperfeiçoamento semipresencial em quatro eixos temáticos: diversidades, gênero, sexualidades e relações étnico-raciais.

A plataforma continuou a ser utilizada para diversos projetos, disciplinas e cursos de extensão da UFABC. Abriga ainda a Rede NEHO – Núcleo de Estudos em História Oral, composta por pesquisadores de todo o Brasil, bem como o Arquivo Histórico-Cultural da Região do ABC, uma ação da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (ProEC).

No contexto de emergência de saúde pública, a Plataforma Digital Plural direcionou todos os seus projetos, oficinas, cursos e ações para fomentar a inovação social no combate à pandemia de Covid-19. A formação Direitos Humanos, Gênero, Diversidades e Covid-19 é um exemplo.

Trata-se de nova edição do curso ofertado em 2016, agora totalmente a distância, incluindo reuniões virtuais e a participação no Lab, espaço para discussões sobre ações educativas, culturais e sociais pertinentes aos cenários da pandemia e pós-pandemia, tendo em vista o agravamento das desigualdades e exclusões estruturais históricas que atingem os grupos mais vulneráveis nessa crise: mulheres, populações LGBTQIA+, negra e/ou afrodescendente e indígenas.

Além de Andrea Paula Kamensky, atuam na coordenação pedagógica do curso as professoras Suzana Ribeiro, da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, Marcela Boni, da Universidade de São Paulo, e Fabíola Holanda, da Faculdade São Leopoldo Mandic (Campinas). A tutoria conta com o apoio das servidoras da UFABC Carolina Silvério e Marcella Abreu, bem como com o engajamento de educadores das redes públicas de ensino, por exemplo, a professora Janaína Martins, egressa de edições anteriores e diretora de uma escola municipal da periferia do extremo sul de São Paulo. 

Até esta sexta-feira (8), mais de 900 pessoas solicitaram cadastro para participação no curso, dentre elas, educadores dos estados do Rio de Janeiro, Goiás, Mato Grosso do Sul e Espírito Santo. A formação prevê 200 horas de estudo não linear, por meio do qual o participante pode solicitar a emissão de certificado para cada eixo concluído.

“É um formato de educação online com inovação social. Numa rede social de aprendizagem, a ideia é que todos são portadores de saberes, experiências, conteúdos que podem ser compartilhados e utilizados num processo formativo em colaboração. Nosso objetivo é fazer com que as pessoas aprendam coisas novas e se encontrem em rede para desenvolver ações em comum, seja no virtual ou depois no presencial, nos seus espaços de atuação”, destaca a coordenadora da Plataforma Digital Plural.

Os interessados em participar do curso podem solicitar seu cadastro em: http://cursos.ufabc.edu.br/digitalplural/inovacao-social-no-combate-a-pandemia-de-covid-19/cursos/direitos-humanos-genero-e-diversidades-no-contexto-da-pandemia-de-covid-19/

Labs discutem conteúdos para a oferta de novos cursos

Outras oportunidades de formação estão em desenvolvimento. No Lab Análise de dados da Big Data, a estudante Mariana Fernandes, do Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão da Inovação, faz a seleção e curadoria de sites e plataformas voltadas à análise de dados sobre vulnerabilidades sociais no contexto da Covid-19. A ideia é que esses conteúdos fomentem um curso ou oficina sobre o tema.

Márcio Aveiro, também estudante daquele programa de pós-graduação, faz, por sua vez, a mediação do Lab Acessibilidade e Tecnologias. Com foco nos desafios a serem enfrentados nesse campo durante a crise pandêmica, seu objetivo é levantar informações também para organização de uma formação a ser ofertada em breve na Plataforma.

Impressão 3D fomenta o acesso a EPIs e a criatividade 4.0

Além da oferta de cursos, outro foco da plataforma é o apoio a projetos de inovação social no contexto da pandemia desenvolvidos por estudantes da graduação, pós-graduação, bem como de ex-alunos que desejam trabalhar em formato colaborativo.

É o caso do pós-graduando Celso Nishimura, que desenvolve o projeto piloto CoHub 3D, por meio do qual propõe a apropriação da técnica de impressão 3D por ONGs, instituições de ensino e cultura para a produção, neste momento, de escudos faciais destinados a profissionais de saúde da cidade de Manaus, um dos epicentros da pandemia de Covid-19 no Brasil.

O projeto prevê, por meio de financiamento coletivo, viabilizar o acesso daquelas instituições a kits que incluem impressora 3D, filamentos de impressora 3D e um plano de capacitação sobre a tecnologia e a criatividade 4.0. A ideia é que, para além do atendimento à demanda urgente por EPIs na região norte do país, as escolas e ONGs beneficiadas possam incluir de forma efetiva tais saberes na educação de seus alunos, promovendo o exercício de seus processos criativos na resolução de problemas, bem como a reflexão sobre as mudanças no mundo do trabalho no cenário pós-pandemia.

Informações detalhadas sobre formas de contribuir com esse projeto são publicadas no Lab CoHub 3D, da Plataforma Digital Plural.

Para conhecer o conjunto de todas os projetos que fazem parte dessa rede social de aprendizagem, acesse: http://cursos.ufabc.edu.br/digitalplural/

#NósPeloBemComum

Assessoria de Comunicação e Imprensa

Registrado em: Notícias
Marcador(es):
Fim do conteúdo da página