Ir direto para menu de acessibilidade.

Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o ufabc.edu.br, você concorda com a política de monitoramento de cookies.

Para ter mais informações como isso é feito, acesse a Norma de uso de cookies nos Portais da UFABC.

ACEITAR
Página inicial > Sobre atividades presenciais na UFABC
Início do conteúdo da página

De volta aos Campi: Retorno presencial na UFABC

retorno seguro

ATUALIZAÇÃO EM 05/04/2022: Plano de retomada gradual das atividades presenciais  SUSPENSO  por resolução do Conselho Universitário (ConsUni).

Mais informações: Ampliação de retorno presencial na Universidade a partir de junho de 2022



Passaporte Vacinal


Perguntas e respostas sobre atividades presenciais UFABC

retorno

No campus de Santo André, as portarias que estão abertas são: Portaria 1 (Av. dos Estados, 5.001, acesso de pedestres ao lado do Carrefour) e Portaria 7 (Rua Abolição, 428 ou Portaria Oratório - pedestres e veículos).

As portarias que seguem fechadas são: Portaria 2 (via de acesso de veículos Avenida dos Estados), Portaria 3 (saída de veículos Avenida dos Estados), Portaria 4 (portão de veículo e rampa de pedestres ao lado do "Ponto dos Fretados" na Rua Santa Adélia, 222), Portaria 5 (portão de acesso exclusivo de pedestres Rua Santa Adélia, 166) e Portaria 6 (Rua Abolição, 209 ou entrada/saída veículos discentes).
 

No campus de São Bernardo do Campo, a portaria que está aberta é somente a entrada principal, pela Alameda da Universidade. A portaria da Rua Arcturus está fechada. 

Para acessar os campi, é necessário:

 

Sim. De acordo com a Resolução ConsUni nº 217/2022, para frequentar os campi da UFABC, é necessário estar com o esquema vacinal completo. Assim, o conjunto de discentes, docentes e técnicos administrativos envolvidos com as atividades didáticas presenciais deverão comprovar a adequação de seu status vacinal. Para as atividades do primeiro quadrimestre, o levantamento foi realizado antecipadamente via formulário encaminhado para o e-mail institucional.

Não, a não ser que possuam justificativa médica para não se vacinarem. A justificativa deverá ser encaminhada como resposta ao levantamento de informações (formulário) enviado ao e-mail institucional.

Não, em caso de sintomas gripais ou de resfriado, mesmo leves, não se deve ir aos campi. Discentes com os referidos sintomas devem se ausentar das aulas e avisar imediatamente, por e-mail institucional, ao docente responsável pela turma. Docentes com os referidos sintomas devem se ausentar das aulas e avisar imediatamente à coordenação do curso e à direção do centro. Técnicos com os referidos sintomas devem se ausentar do trabalho presencial e informar à chefia imediata.

Para mais detalhes, ver Protocolo para Aulas Presenciais da Graduação e da Pós-Graduação.

A reposição de materiais de higienização nos totens, dispensers, sanitários e copas deve ser solicitada para a Prefeitura Universitária, por meio do seguinte endereço: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Os  EPIs dos servidores, incluindo máscaras de alta filtragem, devem ser solicitados pelas chefias para a SEST-Sugepe, por meio do endereço: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Sim! O uso das máscaras de alta filtragem é obrigatório para participação nas atividades didáticas presenciais (Portaria da Reitoria Nº 2213/2022).  Pessoas que não utilizarem esse tipo de máscaras não poderão frequentar salas de aulas e laboratórios.

O descumprimento por qualquer pessoa deve ser comunicado imediatamente ao dirigente responsável pelo local em que se verificou a irregularidade e, permanecendo a situação, deve ser comunicada ao Comitê de Planejamento e Ações de Gestão no combate à Covid na UFABC, para que sejam tomadas as medidas cabíveis. Para mais detalhes, ver Portaria da Reitoria Nº 2213/2022.

O descarte de máscaras deve ser feito preferencialmente nas lixeiras dos banheiros dos campi. A máscara não é considerada um material infectante no mesmo sentido que uma agulha usada seria, por isso, pode ser descartada nas lixeiras dos banheiros, por ter natureza parecida com os papéis que usamos para enxugar as mão após a lavagem.

Sim, à exceção dos casos de pessoas que frequentem os campi mais de uma vez na mesma semana. Nesses casos, basta realizar o teste no primeiro dia da semana em que for a um dos campi.

As caixas com kits e urnas para depositar testes feitos ficam localizadas no térreo do Campus de Santo André, logo após as catracas nos Blocos A, B e L. No Campus de São Bernardo do Campo, ficam disponíveis na entrada (térreo) dos Blocos Tau (antigo Alfa 2) e Delta.

Caso seja necessário, há salas de aula organizadas para a realização do teste por meio da autocoleta salivar. No Campus de Santo André, as salas 06 e 08 do Piso Térreo (Vermelho) do Bloco A. No Campus de São Bernardo do Campo, a sala 001 do Térreo do Tau (antigo Alfa2).

Nos demais blocos do Campus de Santo André e de São Bernardo do Campo serão disponibilizadas mesas com cadeiras para a realização da coleta.

Não é permitido comer ou beber dentro do local destinado para a atividade didática, evitando retirar a máscara de proteção.

Caso seja necessário, recomenda-se que eventuais refeições nos campi sejam feitas da forma mais segura possível. Refeições rápidas poderão ser realizadas: nas copas já existentes; nas estações de trabalho, higienizadas e ventiladas; nos bancos em áreas externas aos prédios. Além disso, em Santo André, a Prefeitura Universitária (PU) disponibilizará carteiras no último andar das Torres 1, 2 e 3 do Bloco A; e, em São Bernardo do Campo, a PU disponibilizará mesas e cadeiras alocadas no hall das edificações Alfa 1 e Tau (antigo Alfa 2).

No caso de testes positivos, no prazo máximo de 48 horas a pessoa que testou positivo será avisada. Trabalhadores terceirizados serão afastados imediatamente das atividades presenciais, por 7 dias corridos (sem sintomas) ou 10 dias corridos (com sintomas), independente de atestado médico. No caso de discentes, docentes e técnicos administrativos, o prazo de afastamento imediato das atividades presenciais será de 7 dias para casos assintomáticos e 10 dias para casos sintomáticos (a contar do dia de realização do teste).
É ainda facultada a possibilidade de realizar novamente o autoteste a partir do quinto dia (contando a partir do dia de realização do primeiro teste); se o resultado der negativo, a pessoa poderá voltar a frequentar normalmente os campi antes do sétimo dia (casos assintomáticos) e do décimo dia (casos sintomáticos).

Para mais detalhes, ver Protocolo para Aulas Presenciais da Graduação e da Pós-Graduação (atualizado em 11/04).

Discente(s) que tenha(m) caso confirmado deve(m) avisar por e-mail institucional imediatamente a/o docente responsável pela turma, pois terá(ão) que permanecer afastado(s) por 7 dias (assintomáticos) e 10 dias ( sintomáticos), contando a partir do dia de realização do teste.
Docente(s) que tenha(m) caso confirmado deve(m) avisar imediatamente a coordenação do curso e a direção do centro. Não havendo a possibilidade de substituição do docente e, por conseguinte, sendo necessário o cancelamento da aula presencial, os discentes e o técnico/a deverão ser avisados por meio de e-mail institucional sobre as mudanças.
No caso de técnicos e trabalhadores terceirizados, as suas chefias imediatas já serão informadas do resultado positivo por meio do contato do Núcleo de Monitoramento.

Antes de ir à Universidade, verifique se você faz parte da composição do Grupo Ampliado de Risco. Caso apresente alguma das condições da lista, é recomendado que você não compareça à Universidade.

Não haverá possibilidade de reposição das aulas presenciais canceladas devido à confirmação de casos positivos ou afastamento por sintomas gripais. Recomenda-se aos docentes que considerem a possibilidade dessas intercorrências em seus planejamentos convertendo, sempre que possível, as atividades presenciais programadas para atividades ou aulas remotas, síncronas ou assíncronas.

Início das aulas para ingressantes da graduação em 2022: 19 de setembro de 2022

O início das atividades didáticas para ingressantes em 2022 foi definido pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFABC (ConsEPE).

A decisão levou em consideração as deliberações ocorridas na III sessão extraordinária do ConsEPE de 2021, ocorrida em 31 de agosto de 2021.

Normas:

 

Testagem na UFABC: eficiente e importante para toda a comunidade

testagem ufabc coronavirus

  •   Desde maio de 2021, a UFABC realiza testagem para detecção do coronavírus (Sars-Cov-2) em membros da comunidade.

  •   O teste, desenvolvido pela UFABC em parceria com a Faculdade de Medicina do ABC (FMABC), utiliza a técnica RT-PCR, considerada padrão ouro pela OMS.

  •   O grau de precisão e confiabilidade do teste é alto, por isso a chance de um “falso positivo” é quase nula.

  •   Os resultados são validados pela FMABC, que também certifica os laudos do SUS no ABC.

  •   As testagens seguem rígido protocolo operacional, garantindo sigilo no contato com todas as pessoas testadas.

Observação: Todos os resultados positivos das testagens são comunicados via e-mail em até 48h, impreterivelmente. Os resultados negativos só serão comunicados mediante solicitação.

Veja no vídeo o procedimento para realização do teste para a detecção da presença do novo coronavírus (SARS-CoV-2) na UFABC:

 


 

Materiais de Apoio

Campanha de uso de máscaras PFF2/N95

arte1 card arte2 card arte3 card

 

Testagem na UFABC

card testagem na ufabc eficiente e importante card ja fez seu teste de deteccao do coronavirus na ufabc

 

Cuidados e procedimentos para o retorno aos campi - Principais protocolos de biossegurança

ida aos campi

card protocolos seguranca e higiene ufabccard protocolos higienizacao das maos ufabc

 

card protocolos uso das copas e bebedouros ufabc card protocolos elevadores ufabc card protocolos cuidados sanitarios ufabc 

 

 ida ao campi instrucoes 01 ida aos campi instrucoes 02

 

Conteúdo textual:

Campanha de uso de máscaras PFF2/N95

A maior parte dos casos recentes de COVID-19 registrados no Brasil têm sido causada pela nova variante ômicron, mais contagiosa em comparação às outras cepas da doença.

A ômicron possui alta taxa de transmissibilidade, por isso é preciso atenção redobrada aos cuidados e medidas preventivas e de segurança.

Neste momento de retomada das atividades presenciais na Universidade, conforme a Portaria da Reitoria nº 2093/2021 e a Portaria da Reitoria Nº 2213/2022, é obrigatório o uso de máscaras de alta filtragem (tipo PFF2 ou N95) em todos os espaços dos campi da UFABC.

Nos laboratórios didáticos e de pesquisa é explicitamente proibida a entrada e permanência de pessoas que não estejam utilizando corretamente as máscaras de alta filtragem.

Vantagens das máscaras PFF e N95:

  • As máscaras PFF2 e N95 possuem vantagens adicionais e são mais seguras em comparação aos outros tipos, como as máscaras de tecido e as de TNT. Os modelos exigidos pela UFABC, além da maior capacidade de filtragem, possuem alças de ajustes que permitem uma vedação melhor e se adaptam de forma correta ao rosto.
  • Nas máscaras PFF2 e N95 é possível encontrar uma numeração chamada CA (Certificado de Aprovação), que indica que aquele é um EPI (equipamento de proteção individual) e, portanto, passou por testes e encontra-se aprovado para o uso e comercialização.
  • Conforme determinação da ANVISA (Norma Técnica 05/2020), as máscaras PFF2 e N95 podem ser utilizadas mais de uma vez. No entanto, máscaras úmidas, sujas, rasgadas, amassadas, com vincos ou que não ofereçam mais a vedação correta devem ser imediatamente descartadas. A periodicidade para troca dependerá do uso e das condições de cada máscara.

Testagem na UFABC

TESTAGEM NA UFABC

Eficiente e importante para toda a comunidade

Desde maio de 2021, a UFABC realiza testagempara detecção do coronavírus (Sars-Cov-2) emmembros da comunidade.

O teste, desenvolvido pela UFABC emparceria com a Faculdade de Medicina doABC, utiliza a técnica RT-PCR, consideradapadrão ouro pela OMS.

O grau de precisão e confiabilidade doteste é alto, por isso a chance de um“falso positivo” é quase nula.

Os resultados são validados pela FMABC, quetambém certifica os laudos do SUS no ABC.

As testagens seguem rígido protocolooperacional, garantindo sigilo no contatocom todas as pessoas testadas.

Locais para realização da autocoleta:

Campus Santo André

  • Bloco A (piso térreo, próximo à rampa)
  • Bloco B (piso térreo, após catracas)
  • Bloco L (piso térreo, hall deacesso ao primeiro andar)

Campus São Bernardo do Campo

  • Bloco Alfa II (piso térreo)
  • Bloco Delta (no hall próximoa entrada da escadaria)

Cuidados e procedimentos para o retorno aos campi - Principais protocolos de biossegurança

Precisa ir aos campi? Atente-se aos principais protocolos de biossegurança:

  • Use máscara PFF2 ou N95 cobrindo boca e nariz.
  • Faça a lavagem regular das mãos e/ou uso de álcool em gel
  • Mantenha o distanciamento social e evite cumprimentos que impliquem aproximação
  • Utilize garrafas de água de uso individual e não compartilhe itens de uso pessoal
  • Dê preferência à utilização de escadas, evitando os elevadores
  • Mantenha portas e janelas abertas para ventilação do ambiente e evite o uso de ar-condicionado
  • A utilização de espaços sem ventilação natural deverá observar rigorosamente as condições de segurança estabelecidas

Acesse a lista completa de protocolos de biossegurança.

Higienize as mãos: salve vidas

Confira o passo a passo para correta higienização das mãos, conforme recomendação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e do Ministério da Saúde:

  1. Abra a torneira e molhe as mãos, evitando encostar na pia.
  2. Aplique na palma da mão quantidade suficiente de sabonete líquido para cobrir todas as superfícies das mãos (seguir a quantidade recomendada pelo fabricante).
  3. Ensaboe as palmas das mãos, friccionando-as entre si.
  4. Esfregue a palma da mão direita contra o dorso da mão esquerda (e vice-versa) entrelaçando os dedos.
  5. Entrelace os dedos e friccione os espaços interdigitais.
  6. Esfregue o dorso dos dedos de umamão com a palma da mão oposta (e vice-versa), segurando os dedos, com movimento de vai-e-vem.
  7. Esfregue o polegar direito, com o auxílio da palma da mão esquerda (e vice- versa), utilizando movimento circular.
  8. Friccione as polpas digitais e unhas da mão esquerda contra a palma da mão direita, fechada em concha (e vice-versa), fazendo movimento circular.
  9. Esfregue o punho esquerdo, com o auxílio da palma da mão direita (e vice-versa), utilizando movimento circular.
  10. Enxágue as mãos, retirando os resíduos de sabonete. Evite contato direto das mãos ensaboadas com a torneira.
  11. Seque as mãos com papel-toalha descartável, iniciando pelas mãos e seguindo pelos punhos.

Uso das copas, elevadores e banheiros

Copas

  • Higienize adequadamente as mãos antes de manusear seus utensílios, alimentos e equipamentos de uso comum (bebedouros, geladeiras, micro-ondas)
  • Não beba diretamente no dispenser do bebedouro
  • Traga seu recipiente (garrafa, caneca ou copo)
  • Acione a torneira do bebedouro com papel toalha e não encoste seu recipiente na torneira
  • Não compartilhe seus utensílios de alimentação
  • Prefira lanches rápidos para consumo na estação de trabalho ou em locais abertos sem grande circulação de pessoas
  • Evite o uso da copa e, caso necessário, manuseie eletrodomésticos sempre com papel toalha
  • Evite o uso de copos descartáveis, eles permanecem à disposição dos trabalhadores terceirizados e fornecedores

Elevadores

  • Evite o uso do elevador e, caso necessário, higienize as mãos assim que sair da cabine
  • É permitido somente uma pessoa por elevador
  • Recomenda-se o uso somente para pessoas que apresentem alguma impossibilidadede utilizar as escadas ou para o transporte de carga.

Banheiros

  • Acionar a descarga com papel toalha e com a tampa do vaso sanitário fechada
  • Eventual descarte de máscaras deve ocorrer somente nas lixeiras dentro das cabines
  • Não é permitido o uso dos banheiros para a higienização dos recipientes que armazenam alimentos
  • Lave as mãos com frequência seguindo as recomendaçõesda ANVISA

Em caso de falta de materiais, comunicar imediatamente pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Cuidados e procedimentos para o retorno aos campi - Principais protocolos de biossegurança

Vai à UFABC? Antes, se liga nas instruções:

 


 

Boletins epidemiológicos

Fim do conteúdo da página