Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Administração > Conselhos > ConsEPE > Resoluções > Resolução ConsEPE nº 159 - Define a figura, as formas de indicação e as atribuições dos coordenadores de disciplinas nos cursos de graduação da UFABC.
Início do conteúdo da página

Resolução ConsEPE nº 159 - Define a figura, as formas de indicação e as atribuições dos coordenadores de disciplinas nos cursos de graduação da UFABC.

Serviço Público Federal
FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC
Conselho de Ensino e Pesquisa 

RESOLUÇÃO ConsEPE Nº 159

Define a figura, as formas de indicação e as atribuições dos
coordenadores de disciplinas nos cursos de graduação da UFABC.

O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO (ConsEPE) da FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC (UFABC), no uso de suas atribuições; considerando as deliberações ocorridas em sua VI sessão ordinária, realizada no dia 2 de julho de 2013 e, ainda, a necessidade de que se formalize as atribuições dos coordenadores de disciplinas nos cursos de graduação da UFABC.

RESOLVE:

Art. 1º Definir as atribuições dos coordenadores de disciplinas ou grupo de coordenação de disciplinas dos Bacharelados Interdisciplinares (BIs) e dos cursos de formação específica.

Art. 2º Para todas as disciplinas de graduação que forem ministradas por mais de um docente, haverá a nomeação de um coordenador de disciplina.

Art. 3º A coordenação de disciplinas poderá ser exercida por um Grupo Coordenador (GC), formado por professores que assumam em conjunto as mesmas atribuições definidas para os coordenadores de disciplinas.

Parágrafo único. Sempre que possível, GCs de disciplinas obrigatórias dos BIs deverão ser compostos por professores dos três Centros, a saber: Centro de Engenharia, Modelagem e Ciências Sociais Aplicadas (CECS), Centro de Matemática, Computação e Cognição (CMCC) e Centro de Ciências Naturais e Humanas (CCNH).

Art. 4º Os coordenadores ou GCs de disciplinas deverão ser indicados com antecedência para cada quadrimestre letivo, pelas Coordenações de Cursos

§ 1º O coordenador de disciplina ou membro do GC deverá ser um dos professores que ministrará a disciplina e, sempre que possível, que já a tenha ministrado anteriormente.

§ 2º O período recomendado para que um docente assuma a coordenação de uma disciplina é de 3 (três) quadrimestres consecutivos em que a disciplina seja ofertada.

§ 3º Os coordenadores ou GCs de disciplinas deverão ser nomeados oficialmente pelos respectivos diretores de Centros até a 2ª (segunda) semana do respectivo quadrimestre letivo.

Art. 5º Será(ão) atribuído(s) ao coordenador, além dos créditos por ministrar a disciplina:

I- 1 (um) crédito por quadrimestre, caso a disciplina tenha de 5 (cinco) a 9 (nove) turmas;

II- 2 (dois) créditos por quadrimestre, caso a disciplina tenha de 10 (dez) a 14 (quatorze) turmas;

III- 3 (três) créditos por quadrimestre, caso a disciplina tenha 15 (quinze) ou mais turmas;

Parágrafo único. No caso de grupo coordenador de disciplina, os créditos atribuídos pela coordenação de uma disciplina, conforme critérios descritos acima, serão divididos igual e fracionariamente entre os membros do grupo.

Art. 6º Compete ao coordenador de disciplina ou ao GC de disciplina:

I- realizar a interface entre os professores da disciplina e os coordenadores de cursos, coordenadores de laboratórios, a Pró-Reitoria de Graduação (ProGrad) e os Centros, nas atividades e processos relacionados à disciplina, tais como seleção, orientação e avaliação de monitores, análise de equivalências e convalidações, distribuição das turmas entre os professores, de acordo com as normas vigentes;

II- realizar a interface entre o corpo discente e os professores da disciplina, ouvindo eventuais reivindicações gerais dos discentes com relação a aspectos pedagógicos e acadêmicos da disciplina, estudando com a equipe de professores possíveis formas de atendimento e encaminhando propostas aos setores envolvidos;

III- organizar em conjunto com a equipe de professores o material didático e o conteúdo programático da disciplina, incluindo revisão do material didático existente, produção de material complementar, planos de ensino e cronograma, sistemática de avaliação, entre outros;

IV- estudar e planejar, anualmente, com a equipe de professores, coordenadores e técnicos de laboratórios didáticos, as demandas com relação a aulas práticas e laboratórios, quando for o caso, verificando a preparação dos espaços e recursos necessários para sua implementação, bem como promover, durante o quadrimestre, reuniões com essa equipe, visando à troca de experiências e o enriquecimento com relação aos métodos, roteiros experimentais, objetivos das aulas e da disciplina, em geral;

V- propor às Coordenações de Cursos, após discussões com a equipe de professores, eventuais alterações de ementa, carga de créditos e bibliografia relacionadas à disciplina, dentro dos fluxos, prazos, normas e procedimentos vigentes;

VI- sugerir às Coordenações de Cursos, a aquisição de material bibliográfico necessário ao desenvolvimento ou atualização da disciplina;

VII- participar, após avaliação das necessidades da disciplina, com a equipe de professores e o apoio dos coordenadores de curso e técnicos de laboratórios, dos processos de aquisição, substituição ou manutenção de equipamentos e material de consumo para a oferta de aulas práticas e em laboratórios relacionados à disciplina;

VIII- organizar e enviar às Coordenações de Cursos, material que sumarize os resultados do oferecimento da disciplina no quadrimestre em questão - distribuição dos conceitos finais dos alunos em cada turma, dificuldades encontradas, sugestões de melhoria etc. - ,visando ao aperfeiçoamento da disciplina em seus oferecimentos futuros.

Art. 7º A ProGrad deverá submeter à análise e aprovação da Comissão de Graduação (CG), proposta de instrumentos que permitam o acompanhamento e a avaliação periódica do trabalho dos coordenadores de disciplina e GCs de disciplina.

Art. 8º Casos omissos deverão ser analisados pelas Coordenações de Cursos e diretores de Centro, podendo ser encaminhados à CG, se necessário.

Art. 9º Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação no Boletim de Serviço da UFABC.

Santo André, 10 de julho de 2013.


HELIO WALDMAN
Presidente












 

 

 

Registrado em: Resoluções
Fim do conteúdo da página