Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Administração > Reitoria > Notícias > Acessibilidade e Políticas Afirmativas: aprender, discutir e viabilizar essas ações são compromissos institucionais na UFABC
Início do conteúdo da página

Acessibilidade e Políticas Afirmativas: aprender, discutir e viabilizar essas ações são compromissos institucionais na UFABC

O comprometimento da UFABC com a excelência transcende os campos acadêmico e científico. Por acreditar que somente um modelo de educação superior inclusivo e democrático é capaz de promover transformações sociais efetivas, a nossa Universidade assumiu, desde o início de suas atividades, o constante compromisso de pensar, discutir e viabilizar ações afirmativas e espaços acessíveis. No sentido de reforçar este compromisso institucional e de fortalecer suas práticas, a UFABC, por meio de sua Pró-reitoria de Assuntos Comunitários e Políticas Afirmativas (ProAP), permanece promovendo importantes atividades neste âmbito.

imagem1Uma delas foi a recente realização da “I Roda de Conversas sobre Inclusão na UFABC”, envolvendo comunidades interna e externa, ocorrida no último dia 12 de setembro. De acordo com Priscila Benitez, responsável pelo Núcleo de Acessibilidade, a proposta do evento foi "coletar diretamente com a comunidade acadêmica as suas demandas por acessibilidade e encaminhá-las ao Núcleo de Acessibilidade e à ProAP.” Priscila destacou também que “A continuidade dos trabalhos da Roda de Conversa se faz necessária para que mais trocas possam ocorrer, com o intuito de construirmos uma UFABC mais inclusiva, em seus diferentes segmentos."

imagem2Outra ação em andamento, também encaminhada pela ProAP, refere-se à organização de Capacitações para Comissões de Heteroidentificação de pretos, pardos e indígenas. A realização destes cursos reflete um esforço da instituição para garantir a efetividade das cotas raciais no ingresso desses grupos na universidade e em concursos públicos. De acordo com nosso Pró-reitor, Acácio Almeida, “a heteroidentificação é uma forma de complementar a autodeclaração e poderá evitar os casos de fraude”.

A segunda edição do curso, que acontecerá em outubro, está com inscrições abertas e disponibilizará 50 vagas. Ademais, atendendo a demandas de instituições de outras regiões do país, nossa Universidade está organizando uma versão da capacitação também na modalidade à distância. A UFABC encaminha, ainda, uma edição do curso para seus dirigentes.

Atuar em prol das políticas afirmativas e de ações de acessibilidade exige esforços contínuos e é fundamental assumir que sempre há caminhos para melhorar as condições já estabelecidas. A realidade estrutural do Brasil, por si só, reflete inúmeros desafios nesse âmbito. Enquanto instituição pública de ensino, a UFABC, juntamente com sua comunidade, permanecerá atuando, incansável e ininterruptamente, para garantir um espaço universitário inclusivo e acessível.

 

nossafederal extenso verde

Assessoria de Relações Públicas
Reitoria  

 

Registrado em: Notícias
Marcador(es):
Fim do conteúdo da página