Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Grupo de pesquisa da UFABC é credenciado como unidade de inovação da EMBRAPII, com apoio do MEC
Início do conteúdo da página

Grupo de pesquisa da UFABC é credenciado como unidade de inovação da EMBRAPII, com apoio do MEC

Publicado: Terça, 26 de Mai de 2020, 11h30

A Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (EMBRAPII), em parceria com o Ministério da Educação (MEC), selecionou, por meio de chamada pública, 11 universidades federais para sediarem novas unidades de inovação. Uma das selecionadas é a Universidade Federal do ABC, cuja unidade será denominada 'Unidade EMBRAPII em Materiais Poliméricos e Funcionais da UFABC'. 

Composta por pesquisadores do Grupo de Ciência, Tecnologia e Inovação em Materiais (CTIM), sob coordenação do Prof. Dr. Demétrio Jackson dos Santos, do Programa de Pós-graduação em Nanociências e Materiais Avançados da UFABC, a nova unidade atuará no desenvolvimento de materiais avançados, com ênfase em polímeros funcionais e no aprimoramento de superfícies funcionais para aplicação nas áreas de energia, biotecnologia e transporte. O grupo é constituído por profissionais de diferentes áreas de formação, permitindo uma atuação interdisciplinar. 

As 11 novas unidades de inovação foram selecionadas dentre 37 propostas apresentadas por grupos de pesquisas de diversas universidades federais. Além da UFABC, foram credenciadas as universidades federais de Viçosa (UFV), de Santa Maria (UFSM), de São Carlos (UFSCar), de São Paulo (Unifesp), do Ceará (UFC), de Lavras (UFLA), de Goiás (UFG), de Alagoas (UFAL), do Rio Grande (FURG) e de Pernambuco (UFPE). Elas se unem a outras seis unidades já vinculadas a universidades federais (UFRGS, UFSC, UFRJ, UFMG, UFU e UFCG), e passam a perfazer o total de 17 unidades de inovação da EMBRAPII em instituições federais de ensino superior. Ao todo, a rede credenciada conta com 55 unidades. 

Os projetos serão desenvolvidos nas áreas de energias renováveis, fibras florestais, sistemas embarcados, geotecnologia e agronegócio, inteligência artificial, computação industrial, materiais avançados/nanomateriais, computação industrial, robótica inteligente, sistemas veiculares e tecnologia da informação e comunicação. 

As novas unidades estarão credenciadas a receber recursos financeiros para prospectar e executar projetos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I), em parceria com o setor industrial. Além de estimular a interação entre o meio acadêmico e o setor produtivo, o credenciamento de unidades em universidades federais também visa capacitar profissionais qualificados para atuarem em projetos de PD&I na indústria. O programa prevê, também, a participação de estudantes de graduação e pós-graduação em projetos no modelo hands-on, que permite o aprendizado a partir da experiência real, em projetos de pesquisa aplicada nas empresas. 

A EMBRAPII é uma organização social privada sem fins lucrativos, cuja principal missão é contribuir para o desenvolvimento da inovação e da competitividade da indústria brasileira com o atendimento às demandas de inovação do setor produtivo. 

Assessoria de Comunicação e Imprensa da UFABC 
Com informações do Portal do MEC e da EMBRAPII

Registrado em: Notícias
Fim do conteúdo da página