Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Administração > Reitoria > Notícias > Mensagem da Reitoria: A UFABC em 2020
Início do conteúdo da página

Mensagem da Reitoria: A UFABC em 2020

Estimada comunidade universitária:

Chegamos ao final de 2020, o ano mais difícil que a humanidade enfrenta nos tempos contemporâneos, quando se vê diante da mais grave crise sanitária e, paradoxalmente, quando parcela das lideranças políticas tornou a situação ainda mais problemática com posicionamentos inadequados, ou mesmo irresponsáveis, perante tal emergência global.

Desde março, a UFABC precisou suspender  suas atividades acadêmicas e administrativas presenciais, mantendo o necessário distanciamento físico dos integrantes de sua comunidade e reduzindo a circulação no entorno de seus campi. Começamos este ano com um planejamento estratégico baseado nos documentos institucionais e nas demandas fundamentais para se prosseguir na consolidação da UFABC e na ampliação de suas atividades finalísticas, e foi preciso, rapidamente, construir uma agenda emergencial para 2020, baseada nas necessárias respostas institucionais à crise sanitária e aos anseios sociais impostos pela pandemia. A preservação da vida e da saúde de todas as pessoas foi, desde o primeiro momento de crise, a maior prioridade.

A suspensão das atividades presenciais foi uma ação rápida, que levou a outro conjunto de decisões e providências junto à comunidade acadêmica. Imediatamente, (i) o estabelecimento dos estudos continuados emergenciais (os ECE), modalidade de ensino remoto implantada por meio de resolução do ConsEPE com o objetivo de concluir o primeiro quadrimestre letivo, que já se encontrava em estágio avançado, na graduação e na pós-graduação, e (ii) a reorganização da dinâmica de trabalho e dos processos de gestão acadêmica e administrativa, especialmente apoiados nos avanços já alcançados com a implantação de sistemas integrados de gestão.

Simultaneamente, a Universidade providenciou empréstimo de equipamentos e mobiliários no sentido de melhorar as condições do trabalho remoto das servidoras e servidores, manteve os serviços de manutenção e de segurança nos dois campi, com a devida atenção à proteção de trabalhadoras e trabalhadores em situação de terceirização e respeito às recomendações das autoridades sanitárias, e tomou todas as medidas para preservar os vínculos de trabalho dessa categoria nas frentes em que atuam na Universidade bem como a pontualidade dos pagamentos.

Em seguida, iniciou-se nova discussão nos órgãos colegiados da UFABC, com a aprovação pelo ConsEPE dos quadrimestres suplementares, que permitiram a oferta didática em modo remoto na continuidade de 2020, subsequente aos ECE,  e também no início de 2021.

Nas discussões sobre a oferta emergencial do ensino no modo remoto, ocorridas nos conselhos superiores da Universidade, surgiram controvérsias e divergências, porém, a comunidade construiu coletivamente reflexões e definições, mediante a escuta e o diálogo, como deve ser nas situações, e nas decisões decorrentes, que afetam toda a  UFABC. Os avanços ocorreram, desse modo, com a serenidade e a maturidade necessárias.  

Ademais, para aprimorar as capacidades e propor reflexões acerca das atividades remotas de ensino, a Universidade ofertou ao seu corpo docente um curso sobre educação mediada por tecnologias, e também outras atividades de formação sobre o tema foram oferecidas por diferentes grupos na UFABC.

O ensino remoto e seus desdobramentos, como nos temas da inclusão e da permanência estudantil, estão em avaliação pelas comissões criadas no decorrer do processo, e os resultados desse acompanhamento serão discutidos no início do próximo ano. É importante, mais uma vez, ressaltar a excepcionalidade dessa oferta, que responde ao contexto emergencial que enfrentamos, e como tal deve ser avaliada criticamente para o devido aprendizado institucional.

Em se tratando das ações de pesquisa, inovação e extensão, a comunidade da UFABC permaneceu mobilizada na luta contra a Covid-19 e contra os efeitos diretos e indiretos dessa pandemia, com a Universidade buscando formas de apoio institucional e recursos orçamentários para a ampliação dessas ações nas suas variadas dimensões. Os diversos projetos em andamento estão agrupados em quatro principais categorias, e contam com a participação de docentes, técnicas, técnicos e discentes da Universidade:

  • Desenvolvimento e produção de equipamentos, dispositivos e equipamentos de proteção individual (EPI)
  • Mapeamento e monitoramento
  • Ações comunitárias e tecnologias sociais
  • Pesquisa para desenvolvimento de diagnóstico, fármacos e processos.

Nesse contexto, foi criado pela Reitoria o Comitê da UFABC contra o Coronavírus (Covid-19), porta de entrada de projetos e instância responsável pela busca de parcerias com atores políticos e econômicos, especialmente dos municípios do Grande ABC. O Comitê também atuou na alocação de recursos da UFABC e de emenda parlamentar (além do orçamento extraordinário recebido por meio de Medida Provisória), e na viabilização de outras formas de apoio a partir das equipes administrativas da Universidade, incluindo o amplo uso do Cartão Pesquisador na execução mais ágil dos projetos de pesquisa.

O Comitê lançou três chamadas públicas, desde abril, e apoiou 78 projetos inovadores nas mais variadas áreas de atuação, desde a fabricação de equipamentos de proteção individual e prestação de serviços comunitários até o mapeamento e o desenvolvimento de pesquisas relacionadas ao conhecimento e ao enfrentamento do novo Coronavírus. Nas interações com os diferentes parceiros regionais, foi possível estreitar relações e  aprofundar o reconhecimento do papel da UFABC como instituição pública, evidenciando como nossa abordagem interdisciplinar nos possibilita construir soluções para diferentes problemas, e com diferentes colaboradores e abordagens científicas.

Foram criados, ainda, os protocolos necessários para a viabilização de atividades de pesquisa presenciais nos campi da UFABC. O enquadramento dos projetos de pesquisa como de caráter emergencial considerou circunstâncias específicas, envolvendo (1) os projetos de combate à Covid-19; (2) experimentos que envolvam criogenia; e (3) experimentos instalados antes da pandemia e que exijam manutenção nos biotérios ou na casa de vegetação.

Além dessas diversas iniciativas, com a instalação do Hospital de Campanha no ginásio poliesportivo do nosso campus de Santo André, fruto da parceria entre a UFABC e o poder público local, o município pôde contar com mais 110 leitos para tratamento de pacientes com Covid-19. Recentemente, por meio de termo aditivo, a UFABC autorizou uso do espaço para instalação de mais 60 novos leitos.

Ainda no sentido de ampliar as frentes de atuação da Universidade no combate à Covid-19, foi criado o Núcleo de Monitoramento e Testagem, no âmbito do Comitê de Planejamento e Ações de Gestão Referente ao Coronavírus da UFABC (constituído pela Reitoria), cujos objetivos são o de produzir parâmetros de análise do quadro epidemiológico da região onde está inserida a Universidade  e dos municípios de onde se originam seus integrantes, subsidiando a execução do Plano de Retomada Gradual das atividades presenciais na UFABC, e constituir um centro interno de testagem para a COVID-19 para monitorar a comunidade que forma a Universidade. O Núcleo já lançou cinco boletins sobre a situação epidemiológica dos municípios de onde provém a comunidade da UFABC, a partir de uma série de indicadores explicados em nota técnica também disponibilizada para consulta de todo o público interessado.

Em consonância com todas essas frentes de ação, a UFABC seguiu atuante nas  ações de apoio à comunidade e políticas afirmativas, criando, dentre outras, grupos virtuais de atendimento psicossocial, e viabilizando a permanência de discentes, ao manter os editais de auxílios e de bolsas socioeconômicos em andamento – atendendo a todos os habilitados no perfil de renda de até 1,5 salário mínimo per capita –, ao abrir novos editais, incluído o auxílio complementar emergencial a 866 discentes durante nove meses, e ao garantir auxílios específicos para ampliar a inclusão digital, como o empréstimo de notebooks e a disponibilização de pacotes de dados.

Diante das tantas anomalias que permearam o ano, foram de imenso valor as orientações estabelecidas pela Resolução de Diretrizes Orçamentárias, deliberada pelo ConsUni, que indicaram com clareza a ordem de priorização da alocação dos recursos. Foram mantidos todos os auxílios e bolsas oferecidos pela UFABC em diversas modalidades aos estudantes de graduação e de pós-graduação, incluindo a ampliação dos prazos de concessão nos casos em que isso foi possível e justificado. Também foram lançados novos editais de auxílios, bolsas e monitorias, para atender às demandas específicas impostas pela crise sanitária, ou mesmo ampliado o atendimento em alguns editais. Essas importantes medidas reforçaram tanto a busca pela preservação da excelência nas atividades acadêmicas quanto a manutenção das condições de permanência e da qualidade de vida dos discentes da Universidade.

Este ano também trouxe o desafio de manter ativos os eventos institucionais da UFABC. O trabalho coletivo dass equipes da Universidade permitiu que a programação dessas atividades fossem realizadas no modo remoto e transmitidas para milhares de pessoas, em tempo real.

  • Os já tradicionais eventos “UFABC para Todos”, “Semana de Arte, Cultura e Tecnologia” e “Conexão” mobilizaram a comunidade interna e externa da UFABC em torno da extensão e cultura universitárias.
  • Mesmo diante da impossibilidade de expor seus pôsteres nos espaços físicos da UFABC, a versão virtual do X Encontro de Iniciação Científica permitiu que mais de 500 estudantes de graduação apresentassem trabalhos em diversos eixos do conhecimento.
  • Sob o mote “Nós Pelo Bem Comum” a Universidade também realizou seu II Congresso, contando com a participação de mais de 70 debatedoras e debatedores durante um mês de atividades que abordaram, de forma interdisciplinar, os impactos e dilemas da pandemia.
  • Encerrando o ano e o calendário de eventos institucionais, a UFABC realizou neste dezembro, sua II Semana de Direitos Humanos, abordando de maneira dialógica e transversal os diversos assuntos inerentes à temática central do evento.

Apesar de sentirmos enormemente a falta das ricas trocas presenciais na realização desses e de tantos outros eventos realizados remotamente pela UFABC, essa modalidade facilitou a participação de convidados externos e ampliou a abrangência de nossa audiência. Pudemos contar com debatedores internacionais e plateia virtual proveniente de diversas regiões do Brasil e do mundo.

Para 2021, o ConsUni aprovou um Plano de Retomada Gradual de atividades presenciais, cujo conteúdo, proposto a partir da atuação e da coordenação do Comitê de Planejamento e Ações de Gestão Referente ao Coronavírus da UFABC, foi debatido ao longo de quatro sessões remotas desse Conselho, entre outubro e novembro, quando conselheiras e conselheiros puderam apresentar sugestões e alterações na redação do documento e esclarecer dúvidas. Considerando os parâmetros epidemiológicos, divulgados nos já mencionados boletins do Núcleo de Monitoramento e Testagem, os dados atuais de contaminação e de propagação do coronavírus não nos permitem prever data de progressão para a chamada Fase 1 e para as demais fases de retomada das atividades presenciais, e seguiremos funcionando no formato atual,  priorizando a preservação da vida e da saúde das pessoas e respeitando o distanciamento físico de nossa comunidade.

A Reitoria da UFABC conclui esta mensagem reiterando o desejo de que toda a comunidade universitária permaneça segura e com saúde, assim como familiares, amigas e amigos de cada integrante desta comunidade. Mesmo fisicamente distantes, mantivemos nossos vínculos acadêmicos e fraternos em 2020, renovamos diuturnamente o compromisso com toda a sociedade brasileira, e preservamos, justamente por conta desses vínculos e desse compromisso, os valores institucionais da UFABC. Nesse sentido, como comunidade, demonstramos a solidez de nosso projeto pedagógico institucional: mesmo diante da grave crise enfrentada, a UFABC manteve sua missão e seus objetivos institucionais, lidando com as muitas variáveis e limitações que se impuseram sem aviso, e conclui 2020 na firme busca de proteger sua comunidade, garantir a reflexão crítica e construir o conhecimento com importantes resultados sociais.

Nosso muito obrigado, nosso muito obrigada a cada integrante da comunidade da UFABC. Foram diferentes contribuições em diferentes papéis institucionais, e todas se somaram na construção coletiva e democrática dos resultados alcançados pela UFABC em 2020. Em 2021, seguiremos juntas e juntos na defesa  da universidade pública inclusiva e de excelência, contribuindo e vivenciando as conquistas da ciência frente aos desafios da humanidade.

Reitoria
Universidade Federal do ABC


Confira também o infográfico com balanço das atividades de 2020 da UFABC

Registrado em: Notícias
Fim do conteúdo da página